segunda-feira, 25 de maio de 2009

Da riqueza do pensamento


A riqueza tua não é minha

Sou rico de pensar

E não é qualquer gorda quantia

Que me faça dessa condição deixar


(Marcelo Cândido)

9 comentários:

  1. Briigada pelo comentarioo
    São Paulinoo HSUAHSAUHSA ;D
    Volta la mais vezes ;D

    ResponderExcluir
  2. Cá pra nós... não há bem no mundo que pague o conhecimento adquirido!!

    Abraços
    Brunno

    ResponderExcluir
  3. Adorei teu blog!! Parabéns pelas palavras, você escreve muito bem! Obrigada pela visita e pelos elogios! Volte sempre!! Estarei te visitando. Bjssssss!!!

    ResponderExcluir
  4. Tb gostei das suas palavras e blog!!!
    Vou voltar mais vezes...
    Obrigada pela visita!
    bjão

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Quando leio essas poesias, lembro das provas de escola kkkk... Trauma hehe.. Abraços, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  6. Oi! Passei p/ ver o que vc havia postado, mas já vi esse post e já comentei antes. Bom fim de semana!!!! Bjs

    ResponderExcluir

Comentem a vontade: