terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Momento Drummond(O primeiro)



Começando um novo ano
E porque não um novo momento
Além do grande Quintana
Vou por as palavrinhas do mestre Drummond
E lá vai:

    POESIA
Gastei uma hora pensando um verso
que a pena não quer escrever.
No entanto ele está cá dentro
inquieto, vivo.
Ele está cá dentro
e não quer sair.
Mas a poesia deste momento
inunda minha vida inteira.

(Carlos Drummond de Andrade)

14 comentários:

  1. gosto muito dessa palavras, pois as vezes me sinto assim.
    depois caso queira de uma passada no mue blog e veja minhas palavras que tirei da pena ou do teclado
    rsrsrsr

    http://finaldagaveta.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Que bom q revitalizarzam sua estatua, Drummond merece

    ResponderExcluir
  3. Pois eu estou assim, pensando em uma coisa, tal coisa que não consigo descrever.

    ResponderExcluir
  4. Olá!!!

    Boa noite, tudo bem?!

    Que bom poder voltar aqui pra dizer que estava com saudades...

    Posso entrar?!

    Você tem sempre passagem livre no meu cantinho...fique a vontade!

    Abraços ternos,

    Poetíssima #

    ResponderExcluir
  5. Sábio e amdissimo poeta vou tirar uma foto ao lado dele quando for dar um passeio na praia.

    Beijosss

    ResponderExcluir
  6. Bela poesia!!
    Maravilhoso poeta!
    Ótima escolha!!

    Tudo bem com vc?
    Estava com saudades daqui!
    Beijos querido! :)

    ResponderExcluir
  7. Drummond... direto e sentimental ótimo poeta o alquimista das palavras.
    "No meio do caminho tinha uma pedra...
    Tinha uma pedra no meio do caminho hehe"..
    Abraços,
    Keli

    ResponderExcluir
  8. Hahah Marcelo !! Super Marcelo!!

    Já está no Blog Anacrônica a segunda parte da história O Peso da Alma*.
    Também disponível a última parte da História o Granfino e a Caipira.

    Abraços no coração, Keli

    ResponderExcluir
  9. Hey Marcelo!
    Sorry man, andei sumido,
    Passei alguns dias na minha cidade com meus amigos,
    pense em um cenário do velho oeste, você vai estar próximo de onde eu fui... não tinha internet =/

    Mas estou de volta e quero retomar aquele projeto do conto lembra? Com algumas alterações. Te mando um email.
    Abraços

    Diogo S.Campos

    ResponderExcluir
  10. hehe... MQ pra acabar o ano e começar o outro!!!

    Abraços PCRO!!!

    ResponderExcluir
  11. As vezes meu teclado também não quer digitar a poesia, as palavras que eu se que estão dentro da minha cabecinha... me identifiquei com Drummond! hehe

    bjooos

    ResponderExcluir
  12. Obrigada pela terna visita!
    Nosso texto está no ar!
    Abraços, querido!

    ResponderExcluir

Comentem a vontade: